sábado, 30 de dezembro de 2017

Indulto de Temer 'é um grande tiro no coração pulsante da Operação Lava Jato', diz procuradora

Imagem: Divulgação
A procuradora Thaméa Danelon, integrante da Força tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo, em artigo publicado no jornal O Estado de S. Paulo, explica a nocividade do indulto natalino do presidente Temer. Para a procuradora, o atípico indulto 'é um grande tiro no coração pulsante da Operação Lava Jato, e de toda a sociedade brasileira, que clama por um país mais limpo, honesto e ético'.

'Se eleitores ficarem em casa ou votarem em branco, a única certeza é que a quota de filhos do capeta será muito maior', diz jornalista


Imagem: Reprodução / Youtube
O jornalista Percival Puggina comentou pesquisa eleitoral divulgada pelo Instituto Paraná, que mostrou que quase metade dos eleitores não pretende escolher um deputado federal, preferindo votar em branco ou anular o voto. O jornalista explica que esta é a melhor forma de manter o Congresso repleto de políticos corruptos. 

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Bolsonaro faz chacota de Maria do Rosário: 'Não merece ser assaltada'; veja vídeo

Imagem: Reprodução
O deputado Jair Bolsonaro gravou um vídeo fazendo chacota da deputada Maria do Rosário, que o processa criminalmente por dizer que ela "não merece ser estuprada". No vídeo, comentando o assalto sofrido pela deputada, Bolsonaro diz: "não merece ser assaltada". 

Danilo Gentili viraliza na web ao escancarar hipocrisia esquerdista no caso de Pabllo Vittar: 'Se você for do lado certo, pode até matar'

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O humorista Danilo Gentili fez sucesso na internet ao dar sua interpretação de mais uma polêmica envolvendo Pabllo Vittar. Comparando as manchetes de duas reportagens, ele comentou: "Quando ele posta piadinha com gordo e é chamado de gordofóbico é ATAQUE. Quando eu que sou humorista posto piada e sou chamado de gordofóbico é JUSTIÇA. Não se enganem. O problema nunca é O QUE se fala/faz. E sim QUEM fala/faz. Se você for do “lado certo” pode até matar".

Delegado dá lição de moral em Maria do Rosário após assalto: 'Foi apenas uma expropriação social do MSC, Movimento dos Sem Carro'; veja vídeo

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O deputado Delegado Francischini gravou um vídeo comentando o assalto sofrido pela deputada Maria do Rosário, que teve seu carro roubado. Francischini ironiza a "interpretação" do crime normalmente utilizada pelo PT, partido da deputada e diz: "Foi apenas uma expropriação social do MSC, Movimento dos Sem Carro". E completa: "trabalhar para obter seus bens com dignidade é só um detalhe para a bancada dos manos". 

'Os governos brasileiros, principalmente os esquerdistas, amam os bandidos. É por isso que nosso país não sai do buraco onde está há várias décadas', diz promotor

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O promotor de Justiça Rodrigo Merli Antunes, participando do programa Bastidores do Poder, da Band FM, chamou de "bizarro" o indulto natalino de Temer, e elogiou a decisão da ministra Cármen Lucia, que suspendeu os efeitos do decreto: "nunca tivemos um decreto de indulto tão brando como o deste ano. É a famosa 'bandidolatria', a regra é desencarcerar em massa, virou bandalheira. A decisão da ministra Cármen Lúcia pelo menos é um alento para quem ainda tem esperança. Eu não tenho mais muita esperança, mas pelo menos  podemos respirar um pouco com essa decisão que suspendeu o decreto".

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

'Até os filhos estão roubando suas mães. Onde vamos parar?', ironiza vereador sobre Maria do Rosário

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O vereador Carlos Jordy, de Niterói, ironizou a situação da deputada Maria do Rosário, que tornou-se vítima de bandidos:  "Sobre o caso Maria do Rosário, fica uma lição. O mundo está realmente muito perigoso. Até filhos estão roubando suas mães. Onde vamos parar?". 

'Vítima de uma expropriação revolucionária realizada por jovens pobres, vítimas da sociedade opressora', ironiza cidadão sobre Maria do Rosário

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
Um usuário do Twitter identificado como "Fábio" fez sucesso na internet ao ironizar a deputada Maria do Rosário, que tornou-se um dos assuntos mais comentados ao ser assaltada: "Rosário está nos Trending Topics, meus amigos: por seus méritos como parlamentar, seguidamente eleita pelo Rio Grande do Sul? Não! Porque foi vítima de uma expropriação revolucionária realizada por jovens pobres, vítimas da sociedade opressora!".

'Como assim? Ela chamando a polícia opressora? Manda chamar o Batman ou a Mulher-Gato', critica policial federal sobre Maria do Rosário

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
A policial federal Sônia Breide ironizou a deputada federal Maria do Rosário, que precisou da ajuda da polícia após ter seu carro roubado: "Você é policial e atende uma ocorrência de assalto. Assaltaram a Maria do Rosário? Como assim? Ela chamando a polícia opressora? Manda chamar o batman ou a Mulher-Gato".

'Que feio, Maria do Rosário! Impediu que o seu carro fosse utilizado pelas vítimas da sociedade que o roubaram à mão armada', ironiza investidor após carro da deputada ser recuperado

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O investidor Leandro Ruschel ironizou a situação da deputada Maria do Rosário, que se transformou em vítima da criminalidade: "Que feio Maria do Rosário! Impediu que o seu carro fosse utilizado pelas vítimas da sociedade que o roubaram à mão armada, e ainda por cima com a ajuda da PM opressora que recuperou o veículo".

'Após o fato, estranhamente ela chamou a polícia ao invés de uma ONG. Pensei que a petista não se incomodasse com a socialização de seus bens', ironiza ativista sobre Maria do Rosário

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O jovem ativista Carmelo Neto estranhou que a deputada Maria do Rosário, após ser assaltada, tenha pedido ajuda da polícia: "Maria do Rosário é assaltada e tem carro roubado. Após o fato, estranhamente ela chamou a polícia ao invés de uma ONG. Pensei que a petista não se incomodasse com a socialização de seus bens...". A polícia já recuperou o carro da deputada. 

Procurador ridiculariza Maria do Rosário após ela ser assaltada: 'teve o seu carro expropriado por vítimas da sociedade, que portavam arma de fogo, em luta por igualdade de renda, saúde, educação, segurança e justiça social'

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O procurador Aílton Benedito "traduziu" a notícia do roubo do carro da deputada Maria do Rosário para a linguagem frequentemente utilizada pela própria deputada e sua militância: "Deputada Maria do Rosário teve o seu carro expropriado por vítimas da sociedade, que portavam arma de fogo, em luta por igualdade de renda, saúde, educação, segurança e justiça social". 

Indulto de Temer 'parece ter sido feito sob encomenda para os condenados da Lava-Jato e criminosos da elite', diz procurador

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O procurador Diogo Castor de Mattos, integrante da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, publicou um artigo no jornal O Globo, em que ataca o indulto de Natal concedido pelo presidente Michel Temer. 

'Maria do Rosário não convenceu assaltantes de que armas eram proibidas e ficou sem o carro', diz colunista

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O assalto sofrido pela deputada Maria do Rosário agitou a internet. Vítima de assaltantes armados, a deputada teve seu carro levado com os seus pertences. O colunista Luciano Ayan, do site Ceticismo Político, ironizou o desarmamentismo radical da deputada e lembrou que criminosos não se importam com a proibição de portar armas: "Maria do Rosário não convenceu assaltantes de que armas eram proibidas e ficou sem o carro". 

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

'Indulto de Temer 'estanca a sangria', acabando com a Lava Jato como investigação ágil e em franca expansão', diz procurador da Lava Jato

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
Em artigo publicado no portal UOL, o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, afirma que o decreto de indulto natalino do presidente Michel Temer foi elaborado sob medida para acabar com a Lava Jato, "estancando a sangria". 

Janaína Paschoal expõe como decreto de Temer causou um 'abrandamento significativo' para 'corrupção, a concussão, o tráfico de influência e a exploração de prestígio'

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
A jurista Janaína Paschoal analisou o indulto de Natal do presidente Michel Temer e constatou que o decreto favorece grandemente os corruptos: "Comparei o texto do indulto deste ano com o do ano passado. Realmente, houve um abrandamento significativo, justo no que concerne aos crimes sem violência ou grave ameaça, nos quais se incluem a corrupção, a concussão, o tráfico de influência e a exploração de prestígio".

Procurador da Lava Jato faz grave alerta sobre Gilmar Mendes: 'Se começar a anular as delações, cai a Lava Jato!'

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
Para o coordenador da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, os “ataques” à Operação que tem como alvo as mais altas instâncias do poder viriam de deputados e senadores. Mas, em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã da Jovem Pan nesta segunda (26), Dallagnol diz ter se surpreendido com algumas movimentações particulares nesse fim de 2017.

Jornalista Vera Magalhães faz grave alerta sobre Lula: 'Ele é perigoso. Não é um defensor da democracia. Pediu a prisão de um Procurador da República!'

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
A jornalista Vera Magalhães lembrou que o ex-presidente condenado Lula pediu a condenação do procurador Deltan Dallagnol, por denunciar seus crimes. Vera Magalhães alerta: "Ele é perigoso, sem nenhum apreço pela democracia nem pelas instituições"

'Chega de impunidade! Essa história de perdão presidencial, indulto de Natal, é medieval. Remonta aos poderes absolutos dos monarcas', critica procurador Júlio Marcelo

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O procurador de contas Júlio Marcelo de Oliveira, que se notabilizou no impeachment de Dilma, atacou duramente o indulto de Natal de Temer: "Essa história de perdão presidencial, indulto de Natal, é medieval. Remonta aos poderes absolutos dos monarcas. Processado, julgado e condenado, o criminoso tem de cumprir a pena fixada pelo juiz competente, nos termos da lei. Chega de impunidade".

'Brasileiros clamam por mais justiça e menos corrupção. Governo Temer responde com menos justiça e estímulo a mais corrupção', diz procurador da Lava Jato

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
Entre os muitos brasileiros que protestam contra o indulto de Natal do presidente Michel Temer, o procurador e coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, atacou: "Brasileiros clamam por mais justiça e menos corrupção. Governo Temer responde com menos justiça e estímulo a mais corrupção".

Deltan Dallagnol, da Lava Jato, conclama os brasileiros: 'O povo brasileiro está cansado de ser insultado. Insultado por um presidente, por alguns Ministros do STF e por muitos parlamentares lenientes com a corrupção'

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O procurador e coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, vem criticando o indulto de Natal concedido pelo presidente Temer a criminosos em geral, mas que beneficia especialmente os corruptos envolvidos no escândalo do petrolão. Dallagnol declarou: "O povo brasileiro está cansado de ser insultado. Insultado por um presidente, por alguns Ministros do STF e por muitos parlamentares lenientes com a corrupção. A melhor resposta que os brasileiros podem dar é nas urnas".

'Desde FHC, os bancos mandam em tudo no Brasil. Isso precisa acabar', afirma Levy Fidelix

Imagem: Produção Ilustrativa / Política na Rede
Durante transmissão ao vivo veiculada em suas páginas nas redes sociais, o presidente do PRTB e pré-candidato à Presidência da República Levy Fidelix fez implacáveis críticas ao sistema econômico vigente no Brasil desde o governo de Fernando Henrique Cardoso.

'Nosso Brasil não é pobre, é diariamente assaltado por políticos corruptos. Não reeleja desonestos', diz procuradora

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
A procuradora Thaméa Danelon, comentando notícia de que, em hospitais do Rio de Janeiro, faltam médicos, remédios e macas, fez um apelo pela responsabilidade dos eleitores: "Nosso Brasil não é pobre, é diariamente assaltado por políticos CORRUPTOS!!! NÃO REELEJA DESONESTOS!!!".

Após arquivar todos os processos em 2017, Conselho de Ética da Câmara começará 2018 com caso Lúcio Vieira Lima

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Depois de arquivar todos os cinco processos abertos para apurar a conduta de deputados em 2017, o Conselho de Ética da Câmara vai começar 2018 com a missão de analisar o caso do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), alvo de uma representação assinada por Rede e PSOL.

Indulto de Natal do Presidente beneficia bandidos de altíssima periculosidade, diz procuradora

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
A procuradora Monique Cheker ironizou os critérios utilizados pelo presidente Michel Temer na concessão do generosíssimo indulto de Natal: "ATENÇÃO: bandido de alta periculosidade solto pelo indulto do Presidente Michel Temer. Ele é rico, poderoso, anda de terno e gravata, não aparenta agressividade, não anda armado, mas mata centenas de brasileiros e deixa incontáveis cidadãos sem educação e transporte".

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

'O que é certo é certo, o que é errado é errado, e as pessoas que se envolveram sabiam que era ilegal e devem sofrer as consequências', diz Moro

Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Em entrevista concedida a diversos veículos internacionais de imprensa, o juiz Sérgio Moro explicou que os crimes devem ser investigados e punidos independentemente de seus reflexos políticos. Questionado sobre o uso de caixa nas eleições, explicou: "Tanto o caixa 2, que seria uma doação eleitoral irregular não contabilizada, como a corrupção, são crimes. Ambos têm de ter uma resposta institucional. O que é certo é certo, o que é errado é errado, e as pessoas que se envolveram sabiam que era ilegal e devem sofrer as consequências".

domingo, 24 de dezembro de 2017

'As canetadas do Min. Gilmar mendes viraram "lembrancinha" de Natal perto do presentaço que o pres. Michel Temer está dando a 37 presos da Lava-Jato'

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
A jornalista Leilane Neubarth mostrou a gravidade do indulto de Natal do presidente Michel Temer e do que ele representa: "As canetadas do Min. Gilmar mendes viraram 'lembrancinha' de Natal perto do presentaço que o presidente Michel Temer está dando a 37 presos da Lava-Jato ao ampliar as condições do indulto de Natal. Eles vão ganhar a liberdade de presente!".

Promotor enquadra o CNJ: 'CNJ investigará juiz que acusou ministro Gilmar Mendes de corrupção. E a acusação de corrupção feita por um Magistrado, será que vão investigar também?'

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O promotor e professor de Direito Marcelo Zenkner questionou as declarações da CNJ, que, ao saber de um áudio em que o ministro Gilmar Mendes, do STF, é acusado de corrupção, prontificou-se a investigar o denunciante, mas não mencionou nenhuma investigação da corrupção descrita no áudio: "CNJ investigará juiz que acusou ministro Gilmar Mendes de corrupção - e a acusação de corrupção feita por um Magistrado, será que vão investigar também?".

Promotor choca ao mostrar como, com decreto de Temer, a corrupção no Brasil 'compensa, e como compensa'

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O promotor Rogério Sanches resumiu, de forma chocante, como o decreto de indulto de Natal do presidente Michel Temer fez com que, no Brasil, o ditado "o crime não compensa" tenha perdido a validade: "Corrupção no Brasil: pena máxima = 12 anos. Para o colaborador, permite-se redução de até 2/3 da pena. Com o Decreto de Indulto de Natal 2017, o Presidente perdoa 4/5 da sanção imposta. Em resumo: o crime contra a Administração Pública no nosso país compensa...e como compensa... ABSURDO". 

'Quando o Gilmar Mendes for preso, não haverá Gilmar Mendes para soltá-lo', diz humorista José Simão

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O humorista José Simão ironizou  a quantidade de investigados que foram soltos pelo ministro Gilmar Mendes no final do ano: "Se o Gilmar Mendes for preso não vai ter Gilmar pra soltar o Gilmar!".

Ministro do TSE famoso por gesto de decapitação contra jornalistas defende Gilmar Mendes e promete punir juiz de 'áudio vazado'

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O ministro Napoleão Nunes Maia Filho, Corregedor Geral da Justiça Eleitoral, ficou conhecido ao ameaçar jornalistas com "a ira do profeta" durante o "julgamento" que ignorou provas para impedir a cassação da chapa Dilma-Temer. Napoleão Nunes Maia Filho saiu em defesa do colega Gilmar Mendes ao saber que um áudio que circula na internet acusa Mendes de receber propina para libertar o ex-governador Anthony Garotinho. 

'To com uma prisão de ventre forte, acho que vou chamar o Gilmar Mendes pra mandar soltar', diz humorista Whindersson Nunes

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O humorista e youtuber Whindersson Nunes criticou as decisões natalinas do ministro Gilmar Mendes com ironia: "Tô com uma prisão de ventre forte, acho que vou chamar o Gilmar Mendes pra mandar soltar minha b****". 

Procurador divulga abaixo-assinado pelo impeachment de Gilmar Mendes que já ultrapassou a marca de 1,8 milhão de assinaturas

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O procurador Helio Telho divulgou o abaixo-assinado que pede o impeachment do ministro Gilmar Mendes. Após o "pacote" de decisões tomadas pelo ministro Gilmar Mendes no fim do ano, o número de assinaturas do abaixo-assinado cresceu vertiginosamente. Quando o procurador divulgou o abaixo-assinado, há dois dias, o número de assinaturas tinha acabado de atingir 1,6 milhão. Agora, o abaixo-assinado já ultrapassou 1,8 milhão. A petição pode ser acessada neste link

Procurador da Lava Jato perde a paciência e abre o jogo: 'Estão passando a mensagem de que a corrupção compensa, feirão de Natal para corruptos!'; veja vídeo

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social

O procurador e coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, expressou sua revolta com o decreto de indulto de Natal do presidente Michel Temer: "Estão passando a mensagem de que a corrupção compensa, feirão de Natal para corruptos!".

sábado, 23 de dezembro de 2017

'É o papai noel do criminoso, o saldão de ofertas penal. Um insulto a todos os brasileiros', diz juíza sobre indulto de Natal de Temer

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
A juíza Ludmila Lins Grilo chamou o decreto de Natal do presidente Michel Temer de "insulto natalino" e afirmou que se trata de "impunidade escancarada e jogada na cara do cidadão".

'Nada mais grave que a corrupção, que suprime o acesso à educação, saúde e, assim, fomenta todos os demais crimes', diz juíza

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
Em meio aos escândalos natalinos, com o ministro Gilmar Mendes libertando e levantando medidas cautelares de diversos investigados, e o presidente Temer editando um decreto que perdoa os corruptos, a juíza Carolina Malta fez uma dura crítica à retórica utilizada para manter a impunidade: "No Brasil, estabeleceu-se a cultura de que crime 'grave' é aquele praticado com violência ou grave ameaça. Nada mais grave que a corrupção, que suprime o acesso à educação, saúde e, assim, fomenta todos os demais crimes". 

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

'Pode se indignar ainda mais. Temer ampliou o absurdo', ataca procurador após indulto de Natal

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O procurador Helio Telho mostrou sua indignação com o indulto de Natal do presidente Michel Temer: "Se você achava que era um absurdo o que Dilma fazia (perdoar criminosos, inclusive corruptos, que cumpriram só 25% da pena), pode se indignar ainda mais. Temer ampliou o absurdo. Agora, basta cumprir 20% da pena para ser perdoado. O bandido pega 10 anos, cumpre só 2 e está livre.  Temer segue provando que Tiririca estava errado".

Deltan Dallagnol se revolta com decreto de indulto de Temer: 'tenho vergonha dessa leniência com a corrupção'

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O procurador e coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, manifestou profunda indignação com o decreto de indulto natalino do presidente Michel Temer. Segundo o procurador, o presidente prepara uma saída para si próprio e para outros réus da Lava Jato. Para Dallagnol, a mensagem "não poderia ser mais clara", e não está sendo dada unicamente pelo presidente. 

'É o nosso Executivo Federal passando o recado que corrupção não é um crime grave', diz procuradora sobre indulto de Natal de Temer

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O presidente Michel Temer editou hoje um decreto com o chamado "indulto natalino", extinguindo penas de condenados que tenham cumprido apenas um quinto da pena, se não reincidentes, ou um terço da pena caso sejam reincidentes. A procuradora Monique Cheker criticou: "Saiu o indulto de Natal que pode beneficiar corruptos genocidas. É o nosso Executivo Federal passando o recado que corrupção não é um crime grave. O MPF tentou mudar isso mas, por enquanto, sem êxito". 

'Agora entendi: Gilmar Mendes soltou Adriana Ancelmo para cuidar do Garotinho', ironiza jornalista

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
Após o ministro Gilmar Mendes libertar a ex-primeira-dama do Rio de Janeiro, Adriana Ancelmo, sob a alegação de que os filhos precisam da presença dela, o jornalista Felipe Moura Brasil ironizou: "Agora entendi: Gilmar Mendes soltou Adriana Ancelmo para cuidar do Garotinho", outro solto pelo mesmo ministro. 

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

'Somados, o indulto e o 'saidão' de Natal vão devolver às ruas cerca de 40 mil condenados à prisão. Pela produtividade da usina de habeas-corpus que administra em Brasília, Gilmar Mendes, sozinho, vai chegar lá antes do Carnaval', ataca jornalista

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O jornalista Augusto Nunes, da revista Veja, ironizou a produtividade do ministro Gilmar Mendes quando se trata de devolver às ruas investigados por corrupção: "Somados, o indulto e o 'saidão' de Natal vão devolver às ruas cerca de 40 mil condenados à prisão. Pela produtividade da usina de habeas-corpus que administra em Brasília, Gilmar Mendes, sozinho, vai chegar lá antes do Carnaval". 

'Gilmar Mendes é um indulto natalino de ano inteiro', ataca jornalista

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O jornalista Felipe Moura Brasil, do site O Antagonista, ironizou a "onda" de habeas corpus concedidos pelo ministro Gilmar Mendes nos últimos dias antes do recesso judiciário: "'Gilmar Mendes é um indulto natalino de ano inteiro". 

Procurador pressiona Gilmar Mendes contra a parede: 'Gilmar Mendes afirmou hoje que o STF já sabia que Joesley era chefe de quadrilha. Se Gilmar sabia disso, por que aceitou receber dinheiro da JBS? E para qual finalidade?'

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O procurador João Carlos Rocha questionou as ligações do ministro Gilmar Mendes com empresas envolvidas em corrupção: "Gilmar Mendes afirmou hoje que o STF já sabia que Joesley era chefe de quadrilha. Se Gilmar sabia disso porque aceitou receber dinheiro da JBS? E para qual finalidade?".

'Já que manda e desmanda, Gilmar Mendes deveria ser mais transparente e proibir a prisão de políticos corruptos. Chega de trololó', propõe jornalista

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O jornalista Mário Sabino, do site O Antagonista, sugeriu que o ministro Gilmar Mendes desse mais transparência a suas decisões: "Já que manda e desmanda, Gilmar Mendes deveria ser mais transparente e proibir a prisão de políticos corruptos. Chega de trololó".

'Preso tem de ficar isolado em ilhas e navios-prisões. Sem celular, sem contato, com os tubarões em volta', propõe Levy Fidelix

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
Durante transmissão ao vivo veiculada em suas páginas nas redes sociais, o presidente do PRTB e pré-candidato à Presidência da República Levy Fidelix expôs a perspectiva que tem quanto à segurança pública no Brasil. 

'Gilmar Mendes chegou ao ponto de proibir a condução coercitiva, atendendo a pedido do PT! Estaria ele atuando em causa própria?', questiona investidor

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O investidor Leandro Ruschel questionou a decisão do ministro Gilmar Mendes de proibir conduções coercitivas, em liminar concedida às vésperas do recesso judiciário. Ruschel questionou a motivação do ministro: "Gilmar Mendes chegou ao ponto de proibir a condução coercitiva, atendendo a pedido do PT! Estaria ele atuando em causa própria?". 

'Um juiz da Suprema Corte Americana seria demitido com desonra se descobrissem ser sócio de um carrinho de cachorro-quente', critica jornalista sobre Gilmar Mendes

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O jornalista Augusto Nunes, da revista Veja, criticou os negócios ministro Gilmar Mendes, que, embora seja ministro do STF, é sócio de um instituto jurídico que recebe gordos patrocínios de empresas suspeitas. Segundo Augusto Nunes, "um juiz da Suprema Corte Americana seria demitido com desonra se descobrissem ser sócio de um carrinho de cachorro-quente.  No Brasil, Gilmar Mendes não vê nada de mais em acumular as funções de ministro do STF e de empresário do ramo educacional. É caso de polícia". 

'Está-se criando o caldo de cultura para, em alguns meses, dizer que a Lava Jato foi uma sucessão de erros', denuncia Janaína Paschoal

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
A jurista Janaína Paschoal aponta que há em curso movimentos preparatórios para anular toda a operação Lava Jato. Paschoal aponta para as publicações de juristas apontando "abusos" e "erros" nas operações, além de esforços para desacreditar aqueles que fazem o contraponto. Prepara-se, assim, segundo Janaína, o terreno para a anulação completa dos esforços contra a corrupção. 

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Procuradora da República aponta como Gilmar Mendes criou o 'Natal do Colarinho Branco' e enumera 5 'bondades' do ministro

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
Na terça-feira (19), a procuradora Monique Cheker chamou as atitudes do ministro Gilmar Mendes de "Natal do Colarinho Branco", e listou alguns "presentes": "Gilmar Mendes e o Natal do “colarinho branco”: 1) Prisão domiciliar para a mulher de Sérgio Cabral; 2) Denúncia contra 4 políticos rejeitada; 3) Suspensão de inquérito contra governador do PR; 4) Liberdade ao empresário das “quentinhas”; 5) Proibição da condução coercitiva". No dia seguinte, Gilmar Mendes libertou também o ex-governador Anthony Garotinho e o presidente do PR, aumentando a lista de "bondades". 

Jair Bolsonaro coloca Gilmar Mendes contra a parede: 'O que leva um Ministro do Supremo a propor algo que, a princípio, deveria ser de iniciativa do Legislativo ou Executivo?'

Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O deputado e pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro questionou os motivos do ministro do STF Gilmar Mendes, que propôs um novo regime de governo para o Brasil - o semipresidencialismo. A proposta de Gilmar Mendes, misteriosamente, foi protocolada no Senado como uma Proposta de Emenda à Constituição, mesmo não sendo de autoria de nenhum parlamentar e não tendo qualquer apoio. Bolsonaro questionou a iniciativa de Gilmar Mendes e a invasão de outro poder: "Gilmar Mendes quer o semi-presidencialismo. O que leva um Ministro do Supremo a propor algo que, a princípio, deveria ser de iniciativa do Legislativo ou Executivo?". 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...