quarta-feira, 17 de julho de 2019

Procuradores pedem que Plenário do STF reverta rapidamente decisão de Toffoli

Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
A decisão do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, de suspender investigações e processos judiciais com origem em dados de órgãos de controle, causou a reação de procuradores em todo o País. Além de manifestações individuais, houve também a divulgação de notas públicas por parte da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) e das forças-tarefas das operações Greenfield e Lava Jato em Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. Os procuradores pedem que a decisão de Toffoli seja revista pelo Plenário do Supremo com a maior urgência possível, já que põe em risco investigações de crime organizado em todo o país. 

Paulo Guedes fala sobre novo papel do Mercosul depois de ter sido usado como ferramenta ideológica

Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O ministro da Economia, Paulo Guedes, está na comitiva do presidente Jair Bolsonaro, que foi a Santa Fé, na Argentina, para participar da 54ª Cúpula do Mercosul, quando o Brasil assumirá a presidência pró-tempore do Bloco. Paulo Guedes explicou que o governo Bolsonaro vem acelerando as conversas com os países do Mercosul para buscar mais integração à frente do bloco, superando a dominação ideológica do bloco para transformá-lo em um instrumento de desenvolvimento. 

Bolsonaro anuncia venda de cinco aviões da Embraer para Portugal

Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O presidente Jair Bolsonaro anunciou ontem (16), por meio de sua conta pessoal no Twitter, a venda de cinco aeronaves da Embraer, modelo KC-390, para a Força Aérea Portuguesa. Esta é a primeira venda desse novo modelo para um país europeu.

terça-feira, 16 de julho de 2019

‘Decisão de Toffoli é uma monstruosidade jurídica’, diz ex-decano da Lava Jato

Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O procurador aposentado Carlos Fernando dos Santos Lima, ex-decano da força-tarefa Lava Jato em Curitiba, lamentou a decisão do ministro Dias Toffoli, que suspendeu todos os inquéritos instaurados sem decisão judicial prévia, a partir de dados oriundos de órgãos de controle como o Coaf e a Receita Federal. Carlos Fernando dos Santos Lima disse: “A decisão de Toffoli é uma monstruosidade jurídica e só pode ser entendida como mais um atentado contra o combate à corrupção. Triste o país que tem pessoas como ele em posições que não merecem”. Lima acrescentou: “A decisão de Toffoli é a mais irresponsável de todas as decisões absurdas e desqualificadas que temos visto em todos esses anos…”.

Moro alerta velha imprensa sobre desmoralização: ‘essa campanha contra a Lava Jato e a favor da corrupção está beirando o ridículo’

Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, em licença não-remunerada para descansar, ironizou mais uma tentativa frustrada de denegrir o trabalho da força-tarefa da Lava Jato e seu próprio trabalho quando era juiz da 13ª Vara Federal. Moro disse: “Sou grande defensor da liberdade de imprensa, mas essa campanha contra a LavaJato e a favor da corrupção está beirando o ridículo. Continuem, mas convém um pouco de reflexão para não se desmoralizarem. Se houver algo sério e autêntico, publiquem por gentileza”.

segunda-feira, 15 de julho de 2019

‘Quem espalha que vamos de mal a pior manifesta um desejo, não a realidade’, diz Bolsonaro

Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O presidente Jair Bolsonaro apontou algumas das realizações de seu governo e respondeu aos “arautos do fim do mundo”. Pelas redes sociais, Bolsonaro disse: “Fechamos o maior acordo comercial de nossa história, demos grande passo para ingresso na OCDE, retomamos obras iniciadas há décadas, realizamos várias concessões com retorno acima do esperado, otimizamos o combate às fraudes no INSS e seguro-defeso, reduzimos o preço da CNH… Quebramos monopólios, diminuímos burocracias. O Brasil bateu recordes em apreensão de drogas e reduziu consideravelmente os homicídios. Isso em apenas 7 meses. Quem espalha que vamos de mal a pior manifesta um desejo, não a realidade. Estamos mudando o Brasil para melhor!”.

domingo, 14 de julho de 2019

Ex-decano da Lava Jato critica comportamento de jornal: ‘parecem porcos a se refestelarem na lama’

Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O procurador aposentado e ex-decano da Lava Jato Carlos Fernando dos Santos Lima utilizou as redes sociais para comentar o esforço de setores da velha imprensa para prejudicar a imagem da força-tarefa e do ministro Sérgio Moro. Lima disse: “Me sinto enojado com a forma sórdida e infame que a Folha de São Paulo tem se comportado ao veicular mensagens que reconhece de origem criminosa e sem garantia de autenticidade. Parecem porcos a se refestelarem na lama”.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...