segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Foto de advogado de corruptos de bermuda no STF causa revolta nas redes sociais


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O advogado de corruptos importantes Antonio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, se deixou fotografar de bermuda e tênis nos corredores do Supremo Tribunal Federal. Ao site O Antagonista, Kakay afirmou que a foto teria sido tirada no ano passado e que ele só foi buscar um documento com urgência. 


Ouça: 


A foto foi reproduzida por milhares de pessoas nas redes sociais, sempre com comentários à estranha intimidade do advogado com o Tribunal, onde ninguém pode entrar naqueles trajes. Advogados e estagiários lembram que não poderiam entrar em nenhum fórum do Brasil com aquelas roupas. 

Leia também: 
AO VIVO: SENADORES E POLICIAIS DISCUTEM O CAOS NA SEGURANÇA PÚBLICA DO BRASIL
Bolsonaro confronta criminosos responsáveis pelo caos no Ceará e quer enquadrá-los como terroristas
VERGONHOSO: Deputados petistas e comunistas tentaram intimidar deputada opositora a Nicolás Maduro, ditador da Venezuela, em 2014

URGENTE: Onyx Lorenzoni faz pronunciamento para o Brasil sobre ataques contra Bolsonaro
Bolsonaro apontou petistas como 'amantes de terroristas' ao falar sobre Battisti, MST e Venezuela
Caiado escancarou cumplicidade de senadores petistas e do governo Dilma ao denunciar atrocidades de Maduro na Venezuela
Ronaldo Caiado denunciou 'esquema' entre MST e Maduro, ditador da Venezuela, com 'patrocínio' do PT - Novembro/2014
Bolsonaro despertou a ira de petistas ao expor o 'verdadeiro currículo' de Dilma e de Battisti em 2009
Argentina, Chile, Peru e Costa Rica condenam sequestro do presidente interino da Venezuela

O site Direito Comparado publicou o texto da Ordem de Serviço nº 11/99, que diz “não são permitidos, a qualquer título,  o ingresso e a permanência nas dependências do Tribunal de pessoas com trajes em desacordo com o cerimonial, a formalidade e o caráter solene da Corte, ou que sejam atentatórios ao decoro”. O site lembrou outro caso e perguntou a opinião dos leitores, com o texto: “Causou polêmica a foto do advogado ‘Kakay’ de bermuda no STF. Discussão sobre ‘dress code’ não é nova: em 2017, também em Brasília, um juiz se negou a iniciar audiência com advogado que não usava gravata”.  

O procurador Diogo Ringenberg comentou: “A imagem do advogado de bermudão do STF combina bem com o que vive aquela Corte e algumas cortes superiores. Tanto fizeram que perderam o respeito dos jurisdicionados e dos próprios pares”.

O advogado Cristiano Caiado de Acioli, que foi detido pela Polícia Federal por dizer que tem vergonha do STF, ficou indignado e disse: “Aos Amigos tudo! Aos inimigos prisão por ‘injúria contra o STF’, depois transformada em desacato, ordem cumprida inicialmente por técnico judiciário... Não é a toa que esse Kakay aí assinou até uma nota para defender o Min. Lewandowski”.

A procuradora Janice Ascari, da força-tarefa da Lava Jato em São Paulo, disse: “Vi a foto do Kakay e me lembrei do juiz do trabalho que repreendeu o autor da ação por estar de chinelo na audiência e se recusou a realizá-la”.

O cidadão Eduardo Monteiro também lembrou que cidadãos comuns não poderiam usar aquelas roupas: “O advogado  de acusados pela lava jato Antonio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, bem a vontade no STF. Se eu for assim no fórum da cidade, serei barrado. Isso mostra o quanto o STF perdeu o respeito até dos que nem respeito merecem”.

O advogado Dário Junior ironizou, dizendo: “Pois é. Quando eu alguém me diz que eu estou elegante de terno numa burra segunda feira 3 horas da tarde eu costumo responder: terno e gravata é roupa de peão. Kakay acabou de confirmar isso. Advogado mainstream vai de bermuda no STF fazer embargos auriculares em pleno sabadão”. 

Veja também: 










Gazeta Social
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...