sexta-feira, 6 de abril de 2018

'Toda a discussão da prisão em segunda instância cairá por terra se Lula não se entregar', diz promotor


Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
Enquanto militantes petistas garantem que Lula não pretende se entregar e vai resistir à ordem de prisão,  o promotor Rodrigo Merli Antunes, que atua no Tribunal do Júri de Guarulhos, esclarece que essa pode não ser uma boa ideia pra o ex-presidente condenado. 


Segundo o promotor, caso Lula não se entregue, será possível decretar a sua prisão preventiva, para assegurar a aplicação da lei penal. Então, uma eventual mudança na interpretação sobre as prisões após condenação em segunda instância não mais afetaria a situação de Lula, que continuaria preso.

Antunes esclarece: "toda a discussão da prisão em segunda instância cairá por terra se ele não se entregar. Terá um novo fundamento para a prisão. A atitude de resistir à prisão demonstra que ele não reconhece as instituições democráticas, o MP e o Poder Judiciário. Não se entregar e convocar barreiras para o cumprimento de uma ordem judicial ofende não só a ordem pública, como também compromete a futura aplicação da lei penal. Prisão preventiva já!". 

Leia também: 
Lula diz a jornal que não vai a Curitiba


Veja também:




Gazeta Social
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...