quinta-feira, 23 de novembro de 2017

'Doritos e Hulk, pré-candidatos fake à presidência em 2018, subestimam a inteligência do eleitorado brasileiro!', afirma Levy Fidelix


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O presidente do PRTB, Levy Fidelix, criticou duramente a proposta do prefeito de São Paulo, João Dória, de formar uma frente de centro para se opor aos dois pré-candidatos à presidência que aparecem na frente nas pesquisas a um ano das eleições.

Fidelix acredita que o esforço de criar uma frente contra os dois pré-candidatos é inútil: "agora vem ele num debate na FIRJAN dizer que tem que fazer uma frente de centro contra o Bolsonaro e o Lula. Para começar, no meu entender, nenhum dos dois vai disputar. O Lula, envolvido na Lava Jato, não deve passar do Tribunal da 4ª Região. E o Bolsonaro, lamentavelmente, envolvido com algumas ações no Supremo. O que elimina um, elimina o outro. Além disso, se vier um general, ele próprio bate continência e cai fora. Nem partido, aliás, tem".


Levy Fidelix critica ainda o convite ao PMDB para participar da "frente de centro": "Dória quer fazer frente com o PMDB. Todo mundo sabe que o PMDB está envolvidíssimo na Lava Jato. O PMDB está aí, é a sequência do PT, e está cometendo os mesmos desatinos: aquela corruptela toda, comprando o Congresso..."

Para Levy Fidelix, a situação atual é que, antes mesmo de poder haver pré-candidaturas, o que existe é uma quantidade de candidatos "fake": "Esse povo pensa que brasileiro é otário, acredita em marketing". O presidente do PRTB desfia críticas ao prefeito João Dória e ao apresentador Luciano Huck, que vem sendo apresentado como uma alternativa.

"Dória viaja mundo afora, agora governar São Paulo? Nada! Só fez a operação Cidade Linda, que inclusive foi proibida pelo Ministério Público. Faz marketing dizendo que é rico, mas ganhou dinheiro fazendo propaganda, fóruns, tem essa fortuna toda sem gerar um emprego sequer. Mas não quero falar da vida pregressa dele. O principal é que ele não disse a que veio. Em nove meses à frente de São Paulo, já gastou de 30 a 35 bilhões, de um orçamento de 50 bilhões, e o que fez? Algum viaduto? Nem tapou buracos das ruas, que estão esburacadas. Os faróis não funcionam. Quando chove, a cidade vira um caos. Não promoveu a limpeza das bocas de lobo para preparar a cidade para o verão", critica Fidelix.

Em relação a Luciano Huck, Fidelix dispara: "a Globo quer inventar um candidato. Não sabe nada de política. Não falou nada até hoje e nem fala. Tem lá uma ilha, é ricaço, ganhou dinheiro mole, fácil. Por que não pega esse patrimônio todo e dá para o povo?".

Fidelix resume: "Me desculpe, mas esses candidatos são todos fakes. Então,  vamos parar de brincar e discutir política econômica. Esses candidatos não falam dos bancos porque são financiados por eles. Os banqueiros e os Iluminatti estão por trás deles, por isso promovem tudo isso que está aí, como a ideologia de gênero. Não vi Dória se opor ao que ocorreu no MAM".

O presidente do PRTB recomenda: "é bom que o Brasil pare para pensar nesses 'fakes' candidatos, como Dória e Huck; são só 'fakes. Bolsonaro e Lula ainda estão no páreo, por enquanto, mas creio que daqui a pouquinho o deixarão. Sobrou uma avenida de oportunidades para outros candidatos".

Leia também:
Ex-presidente do STF defende a prisão após condenação em segunda instância e o fim do foro privilegiado
Movimento contrário à UNE vai promover a exibição de filme de Olavo de Carvalho em várias universidades
Advogados de políticos encrencados na Lava Jato querem criar entidade contra 'abusos' da operação
 Legislativos locais usam decisão do STF para derrubar resoluções contra políticos como no caso Aécio
Lula insiste para que Gleisi se candidate ao Senado
Sem divulgar agenda, 'ministra escrava' usou jato da FAB 3 vezes para ir para casa
Auditoria aponta irregularidades em repasses à ‘TV do Lula’
PSDB pede para 'ministra escrava' silenciar se quiser ficar no ministério
'O que os desrespeitaria (direitos humanos) seria a mordaça prévia do opinar e do expressar do estudante candidato', diz Carmen Lucia sobre ENEM
Deputado vai da cadeia à presidência da Assembléia Legislativa no Mato Grosso
O Estado condenou Kelly à morte por ter dado o direito de “saidinha” ao seu assassino, que estava preso, diz jornalista
Fantasia de 'Gilmau Mendes' faz sucesso em encontro de procuradores
TSE vai julgar Bolsonaro e Lula por antecipação de campanha
Laudo da Polícia Federal aponta 'erros de cálculo' em empréstimo do BNDES à Friboi
Desembargador relator da Lava Jato alerta para reações contra operação


Veja também:





Gazeta Social
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...