segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Dilma comete racismo ao usar termo 'coisa de preto', diz jornalista


Imagem: Reprodução
O colunista Luciano Ayan, do site Ceticismo Político, questionou o uso da expressão "coisa de preto" pela presidente deposta Dilma. Para o colunista, se a ex-presidente estiver correta ao dizer que a expressão é racista, ela também estaria sendo racista ao utilizá-lo. 



Leia abaixo o texto de Luciano Ayan: 

A ex-presidente Dilma Rousseff disse, durante viagem na Alemanha:“O PT é coisa de preto. O Lula é coisa de preto. Eu sou coisa de preto”.
Ela fazia alusão à declaração de William Waack, que disse que uma pessoa que buzinava durante sua apresentação fazia “coisa de preto”.
Uma vez que o uso do termo denota racismo se aplicado à William Waack, o mesmo se aplica à Dilma.
Ademais, ela tentou diferenciar pessoas por sua cor. Se não existem “coisas de preto”, isso não vale para críticas, assim como não vale para definir pessoas como eleitoras de um partido afundado em corrupção.
Dilma Rousseff foi muito além do que fez William Waack.

Leia também:
'Estamos vivendo um momento extremamente delicado, em que as forças do crime institucionalizado estão se reagrupando para contra-atacar a Lava Jato', diz ex-diretor da Interpol
Força-tarefa Lava Jato se posiciona contra o indulto natalino para corruptos


Veja também:






Gazeta Social
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...