quinta-feira, 14 de setembro de 2017

MPF dá nó em Lula com e-mails da Odebrecht para Okamotto, presidente do Instituto Lula; veja vídeo


Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
No depoimento ao juiz Sérgio Moro no processo sobre o terreno para o Instituto Lula, o ex-presidente alegou que não tinha conhecimento de nada relativo ao imóvel, e acrescentou que não houve contato com a Odebrecht em relação ao assunto. Ele foi imediatamente desmentido pelo Ministério Público Federal, que mostrou os emails entre Paulo Okamotto e João Alberto Loveira, da Odebrecht, agendando a visita de Lula ao edifício. Restou a Lula alegar que Paulo Okamotto "não o representa". 
Assista: 


Leia também: 
Gilmar diz que pedido de suspeição é 'despropositado e difamatório' e cita encontro de Janot em bar
Fachin decide esperar julgamento antes de encaminhar denúncia à Câmara
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...