segunda-feira, 18 de setembro de 2017

'É simplesmente alguém que coloque as coisas em ordem, e diga: atenção, minha gente vamos nos acertar aqui e deixar as coisas de forma que o País consiga andar', afirma General Mourão sobre 'intervenção'


Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
Em uma palestra, respondendo a perguntas, o general Hamilton Mourão afirmou que o Exército tomará providências se os corruptos não forem afastados do poder pelas vias normais. Acusado de insuflar uma intervenção militar, o general Mourão disse que “não está insuflando nada” e que não defendeu (a tomada de poder pelos militares), apenas respondeu a uma pergunta. 



Veja  o trecho da fala do general que causou polêmica:  




Para o general, “se ninguém se acertar, terá de haver algum tipo de intervenção, para colocar ordem na casa”. Sobre quem faria a intervenção, se ela seria militar, ele responde que “não existe fórmula de bolo” para isso. E emendou: “Não (não é intervenção militar). Isso não é uma revolução. Não é uma tomada de poder. Não existe nada disso. É simplesmente alguém que coloque as coisas em ordem, e diga: atenção, minha gente vamos nos acertar aqui e deixar as coisas de forma que o País consiga andar e não como estamos. Foi isso que disse, mas as pessoas interpretam as coisas cada uma de sua forma. Os grupos que pedem intervenção é que estão fazendo essa onda em torno desse assunto”.

Leia também:  
MP deve 'garantir que ninguém esteja acima da lei', diz Raquel Dodge em discurso de posse
Gleisi surta após General Mourão afirmar que está preparado para intervenção militar 'se for necessária' e 'pede a cabeça' do militar

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...