terça-feira, 15 de agosto de 2017

'Bancos tiram R$700 bilhões por ano dos brasileiros. Temer e Meirelles são coniventes com este sistema de assalto ao povo!', afirma Levy Fidelix; veja vídeo


Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social 
No evento "A Direita e o Conservadorismo no Brasil", também denominado "Fórum Nacional da Direita", ocorrido ao fim de julho, o ex-presidenciável e presidente do PRTB, Levy Fidelix, apontou como os juros bancários "tomam" do Brasil R$700 bilhões por ano. "Em 10 anos, são R$7 trilhões surrupiados da população brasileira. Os brasileiros não podem mais ficar focados em outras coisas enquanto os bancos, quietinhos, vão tomando todas as riquezas nacionais", afirma. Assista ao vídeo:


'Essa política monetária só traz lucros para os bancos! Temer, demita Meirelles ou o povo te colocará para fora!', afirma Levy Fidelix

O presidente do PRTB, Levy Fidelix, comemorou o lançamento do livro "Juros, Moeda e Ortodoxia", de André Lara Resende, que trata da possibilidade de que a ortodoxia monetária atual esteja equivocada: "Finalmente encontrei alguém que, juntamente comigo, desmistifica a farra do juro alto para controlar a inflação. O André, no livro que está lançando, diz que os juros podem estar contribuindo para o desequilíbrio fiscal do Brasil, sendo assim altamente contraprodutivos. É o que eu falo!".

"Ele fala exatamente o que eu venho dizendo há tempos. Que a tentativa de equilibrar a inflação a curto prazo pode vir a agravar a recessão, reduzir a arrecadação e aprofundar o débito", diz Fidelix.

Fidelix enfatiza os pontos principais do livro de Resende: "Não existem fórmulas mágicas nem receitas universais. Hoje, a política monetária é conduzida através de metas para a inflação e de uma regra para a fixação da taxa básica de juros. Essa regra determina que a taxa de juros seja reajustada proporcionalmente à aceleração ou desaceleração da inflação. É uma regra de bolso, sem fundamentos teóricos sólidos, que até recentemente parecia estar funcionando para estabilizar a inflação, mas não é mais".

Para o presidente do PRTB, "A questão financeira, bancário-financeira, do Brasil é crucial. Com a escalada dos juros altos, não se controla a inflação nem se faz a economia crescer. Nessa escalada, quem ganha é só o banco. Todo mundo sabe". E faz um alerta ao presidente Michel Temer: "Temer, demita Meirelles ou você vai ser demitido. Não basta a lava jato não, rapaz?".



Leia também:
Juiz recebeu em julho meio milhão de salário
Na operação Hammer On, PF e Receita cumprem 153 mandados em cinco estados
PF cumpre mandados do STJ na sede do governo do RN e na casa do governador do estado
Réu em 6 processos, Lula volta a atacar o juiz Sergio Moro com baixaria
'Basta o Maduro chamar que o PT vai correndo lamber a mão dele', ataca Aloysio Nunes
Procurador da Lava Jato 'abre o jogo' e diz que proposta de reforma política é solução cínica e mantém corrupção
Senadora Ana Amélia ataca quem defende aumento para políticos e ministros do STF com 'efeito cascata'; veja vídeo

Veja também: 




Gazeta Social
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...