terça-feira, 31 de janeiro de 2017

O estranho objeto encontrado pela Nasa em Marte


Imagem: NASA
Um robô da Nasa, a agência espacial americana, descobriu o que pode ser um meteorito metálico na superfície de Marte.

Se confirmado, seria o terceiro objeto deste tipo encontrado pelo jeep-robô Curiosity desde agosto de 2012, quando pousou na superfície do planeta.

Uma imagem do objeto, feita no último dia 12 e disponibilizada no site da Nasa, revela que ele já foi "escaneado" pelo raio laser que o veículo usa para vaporizar parte da superfície de amostras, enquanto um espectômetro detecta sua composição através da análise da nuvem de plasma provocada pelo raio.

As imagens sugerem que o suposto meteorito poder ser feito de uma combinação entre ferro e níquel, e se isso for confirmado pela análise dos dados coletados pelo Curiosity, se saberá que ele foi formado a partir do núcleo de um asteroide. As imagens também revelam que o objeto tem sulcos compatíveis com o atrito de entrada na atmosfera de um planeta.

Imagem: NASA

























"O objeto foi batizado de Ames Knob e e lembra outro meteorito examinado pelo Curiosity em novembro, e cuja análise revelou uma composição de ferro e níquel", disse Guy Webster, um porta-voz da Nasa, ao site americano IFL Science.

Veículos-robô em Marte já encontraram sete meteoritos metálicos no planeta (pelo menos sete foram localizados por outros veículos americanos, o Opportunity e o Spirit), mas o interessante nisso tudo é essa particularidade de seu perfil. Na Terra, 95% dos meteoritos encontrados são rochosos.

Por quê isso ocorreu? Pode ser fruto da diferença de ambientes entre os dois planetas no que diz respeito à erosão. Ou pelo fato de o terreno escarpado de Marte tornar mais difícil a localização de rochas específicas.

Imagem: NASA















A ausência de oxigênio e água na atmosfera de Marte impede a oxidação de objetos metálicos, que são erodidos pelo vento e mudanças de temperatura.

Observações iniciais das imagens sugerem, de acordo com a revista New Scientist, que o meteorito pode ter caído há relativamente pouco tempo, pois sua superfície parece suave e brilhante - ele ainda não teria sido erodido. Só que também pode se tratar de um meteorito antigo que foi polido pelas violentas tempestades de areia que atingem o planeta.

O Curiosity percorreu mais de 15 km desde que pousou no interior da Cratera Gale, há quatro anos e meio. Os cientistas americanos esperam tentar criar uma linha de tempo para as transformações ambientais sofridas pelo planeta - acredita-se, por exemplo, que a cratera, hoje um imenso deserto assolado por ventos, já foi um imenso lago que poderia ter abrigado algum tipo de vida.

Veja também:
Homem xinga Sheherazade de adúltera por novo namorado após divórcio e é 'calado' pela jornalista
Após rumor de relacionamento com Danilo Gentili, Rachel Sheherazade assume namoro com tabelião
Sabia que jovens entre 15 e 29 anos podem viajar de graça pelo Brasil?
Casal que abandonou empregos para viajar está quebrado e agora limpa banheiros para sobreviver

Não deixe de ler:
Foto de Letícia Sabatella escancara hipocrisia da esquerda e viraliza
Silvio Santos se nega a furar fila em seção eleitoral e dá exemplo de cidadania
Estados Unidos oferece projetos para quem deseja deixar o Brasil e quer virar cidadão americano
Igreja usa dízimo para construir casas para sem-teto

Não perca as notícias abaixo:
Advogados de Lula pedem direito de resposta no JN e Lula acaba humilhado por Alexandre Garcia; veja vídeo
Homem despeja alumínio líquido em formigueiro e descobre arquitetura impressionante; assista
Veja algumas coisas incríveis construídas por presidiários
Deputado publica vídeo antigo com declarações de Lula sobre sítio, explode polêmica e ex-presidente responde; veja

BBC Brasil
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...