segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Presos recebem massagens e acupuntura em presídio de Linhares


Imagem: Divulgação/Sejus
Para ficar mais relaxados, melhorar o sono, conter a ansiedade e a depressão, 50 internos do Centro de Detenção e Ressocialização de Linhares (CDRL) estão participando de sessões de acupuntura e shiatsu durante quatro vezes por semana. 


As terapias estão sendo usadas na unidade prisional há cinco meses. As sessões de acupuntura e shiatsu são realizadas pelo inspetor penitenciário Tierney José Boa Morte, que é fisioterapeuta e especialista em técnicas chinesas. O trabalho é realizado em parceria com os setores de enfermagem e psicologia da unidade.

Leia também: 

Além dos internos, servidores da unidade também estão sendo atendidos, só que o número de sessões é menor do que os presos. As sessões de shiatsu e acupuntura ocorrem uma vez por semana e os efeitos já são visíveis. "Muitos tinham dificuldade para dormir e, depois das sessões, estão dormindo melhor. Além disso, estão mais relaxados", afirma Tierney José Boa Morte.

Segundo o diretor da unidade, Vinícius Narcizo, os profissionais que acompanham os internos também notaram mudanças positivas. "Os internos apresentaram uma melhora no comportamento. Estão mais tranquilos. Alguns, que faziam uso de medicamento controlado, seja para insônia, ansiedade ou abstinência de álcool e drogas, já não usam mais. Essa iniciativa está promovendo a melhoria na saúde e no comportamento dos internos", conclui.

O shiatsu é um tipo de massagem terapêutica. Já a acupuntura usa agulhas, ventosas e eletroestimulação. As terapias visam a estimular pontos específicos do corpo e promover o relaxamento da musculatura, melhorar o autocontrole e reduzir a ansiedade.

Veja também: 


Folha Vitória
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...