sexta-feira, 18 de julho de 2014

Mulher perde parentes nos dois acidentes da Malaysia Airlines


Imagem: Dmitry Lovetsky/AP
A australiana Kaylene Mann, que perdeu um irmão e a cunhada no voo MH370 da Malaysia Airlines, desaparecido em março deste ano, recebeu nesta sexta-feira (18) a notícia de que sua enteada, Maree Rizk, e o marido dela, Albert Rizk, estavam no voo MH17 da mesma companhia aérea, que caiu ontem no leste da Ucrânia. Todas as 298 pessoas que estavam a bordo morreram.


"Isso trouxe tudo de volta", disse à AP outro irmão de Kaylene, Greg Burrows. "Ela acabou de perder um irmão, e agora uma enteada...".

Maree e Albert, da cidade australiana de Melbourne, voltavam para casa após férias de quatro semanas na Europa. Eles tinham um filho adolescente, que joga futebol no Sunbury Footbal Club, do qual a família participava.

Leia também:

"Eles eram pessoas muito amáveis", diz o presidente do clube, Phil Lithgow. O casal será homenageado pelos jogadores na partida deste sábado, que usarão faixas pretas amarradas aos braços e farão um minuto de silêncio.

A família ainda está confusa sobre como podem ter sido afetados por tamanha fatalidade.

"Ninguém poderia prever que eles iriam ser derrubados", afirmou Burrows. "Isso estava fora do controle deles [da companhia aérea]".

UOL
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...